Uma boa rotina é um dos fatores essenciais para fazer o bebê dormir a noite inteira.

16/10/2019

Uma boa rotina é um dos fatores essenciais para fazer o bebê dormir a noite inteira.

Os recém-nascidos dormem bastante — entre 17 e 18 horas por dia nas primeiras semanas de vida e 15 horas por volta do terceiro mês.

Ainda assim, eles quase nunca dormem mais que três ou quatro horas por vez, seja durante o dia ou à noite.

E o que isso quer dizer? Você também não terá muitas horas de sono seguidas.

No decorrer da noite, terá que levantar para amamentar e trocar o bebê; ao longo do dia, além dessas tarefas, vai brincar com ele.

Embora alguns bebês consigam dormir a noite inteira já aos 2 meses, muitos não chegam a esse marco até os 5 ou 6 meses de idade e, às vezes, até bem mais tarde.

Para que seu filho durma a noite toda, num futuro não muito distante, é preciso estabelecer uma boa rotina desde bem cedo.

Como criar bons hábitos para o bebê dormir

Veja algumas ideias para ajudar seu filho a se preparar para uma boa noite de sono:

Aprenda a entender os sinais que indicam cansaço
Nas primeiras seis a oito semanas de vida, o bebê não consegue ficar acordado por mais que duas horas por vez.

Se você esperar muito mais que isso para colocá-lo para dormir, ele estará cansado demais e não vai conseguir adormecer com facilidade, por incrível que pareça.

Preste atenção nos sinais de cansaço. Ele está esfregando os olhos? Não pára de mexer na orelha? Está com olheiras?

Se você notar essas indicações, ponha logo o bebê no berço ou num carrinho, ou outra superfície segura. Dessa forma, dependendo do temperamento dele, ele talvez já vá aprendendo a dormir sem ser no colo.

Muitas famílias não vêm nenhum problema em ninar o bebê sempre no colo para dormir, especialmente as adeptas da chamada criação com apego.

Comece a ensinar a diferença entre dia e noite
Alguns bebês são mais notívagos (algo que você pode até ter percebido durante a gravidez) e estarão com toda a energia do mundo bem quando você se prepara para pegar no sono.

Nos primeiros dias, não há muito o que se fazer quanto a isso. Mas, quando o bebê tiver por volta de 2 semanas, você pode começar a fazê-lo distinguir o dia da noite.

Deixe que o bebê adormeça por conta própria
Quando ele tiver por volta de 6 a 8 semanas, tente deixar o bebê adormecer sozinho. Coloque-o no berço quando ele parecer cansado, mas ainda estiver acordado.

Dessa forma, ele pode começar a aprender a fazer a transição sem que você tenha que ficar balançando de um lado para o outro ou passando a mão nas costas dele.

Se desde o começo você acostumar o bebê a dormir por conta própria, ele vai tem mais chance de aprender esse ritual na hora do sono — e se você sempre niná-lo é isso que ele sempre vai esperar.

É claro que é uma delícia ninar o bebê. Mas a questão é que, quando ele acordar no meio da noite, vai precisar ser ninado de novo, se só conseguir adormecer desse jeito.

Para estabelecer um padrão de sono, é importante seguir a mesma rotina de dormir todos os dias.

Procure substituir hábitos que dependam exclusivamente da sua presença (mamadas, por exemplo) por alguma coisa que esteja ao lado da criança quando ela acordar de repente (um “paninho especial” ou um bonequinho, sempre prestando atenção para não ser nada que ela possa resolver sugar e se engasgar).