Um amor especial

Amor muito especial
05/10/2020

Um amor especial

Um amor especial. É assim que vamos contar a história de dois colegas nossos com seus filhos com autismo. Relação em que amor e paciência superam a discriminação.

Marcel Gasques, que trabalha em nossa portaria, conta que a família, no início, ficou perdido com o diagnóstico de Alexandre, hoje com 4 anos. “Deus dá filhos especiais para pais especiais, disse minha mãe Fátima. Isso me estimulou muito”, conta.

O filho faz acompanhamento semanal, que inclui até equoterapia, o que o ajuda muito na interação. “Muito bom vê-lo melhorando a cada dia, se desenvolvendo. Coisas simples o deixam muito feliz”. Alexandre desenvolveu habilidade com letras e já decorou todas do nosso alfabeto e também do grego.

Camila Viana, que atua em nosso setor de compras, é mãe do Anthony, de 2 anos e 8 meses. O diagnóstico de autismo veio quando ele começou a frequentar escolinha. “Temos que ter uma atenção maior, mas ele aprende rápido. Logo vai falar corretamente e entender melhor. É muito inteligente, cada avanço é uma vitória”, diz.

Olhar de desconfiança é o que mais preocupa nossos colegas. “Autista não é incapaz. Com amor, dedicação e força, eles se superam”, diz Camila. Para Marcel, falta muita informação sobre o autismo à sociedade. “Ficamos arrasados com discriminação. Crianças autistas precisam de muita compreensão. São anjos azuis, como dizem”. E são mesmo!!!