“Ser mãe é viver o amor em sua plenitude”

09/05/2021

“Ser mãe é viver o amor em sua plenitude”

Ser mãe é viver todas as emoções com muita intensidade: alegria, preocupação, dúvidas, certezas, felicidade e tristeza.
Neste Dia das Mães, a nossa homenagem é para a dona Nair Lucato Galzerano uma mãe que, com muita determinação, educou seus 4 filhos em uma época muito diferente da nossa. “Naquela época não haviam tantas facilidades como hoje em dia. Além de cuidar das crianças eu ajudava meu marido no trabalho, costurando o tecido dos carrinhos”, conta dona Nair.
Naquele tempo, a educação era diferente e os filhos quase sempre adivinhavam o pensamento da mãe, bastava um olhar.

O que permanece até hoje em comum entre as mães das várias gerações é esse amor infinito, o cuidado e a proteção com os filhos.

“As mães de hoje em dia são mais práticas e conseguem administrar melhor o tempo com os filhos. O mundo mudou muito”, diz.

Muita fé em Deus e oração a ajudaram nos momentos mais difíceis como a perda do filho. Em compensação, a alegria da chegada dos netos e bisnetos e também ver casa novamente cheia da contagiante alegria das crianças reabastece o coração de amor e esperança.

Seu conselho para as mães de hoje em dia? “Mãe será sempre o porto seguro do filho. Aproveitem suas crianças, esse tempo passa muito rápido”.